Conheça mais sobre os alvos da resratização

Invista na desratização contra os ratos que invadem o seu ambiente

Os ratos da ficção são sempre dóceis e inofensivos, além de espertos: Mickey Mouse, Jerry, Stuart Little, Topo Gigio e outros permeiam a imaginação de adultos e crianças. Porém, na vida real, a história é outra. Ele é o mamífero mais bem sucedido do mundo, depois do homem. A desratização é necessária quando há uma infestação.

Os ratos não domésticos, aqueles que são considerados pragas urbanas, são vetores de doenças sérias para a saúde humana. Cerca de 50 espécie de ratos, do total de 2.000, são considerados perigosas. As 3 espécies de roedores urbanos mais comuns em solo brasileiro são: Ratazanas, Rato de Telhado e Camundongo.

Principais espécies de ratos controlados através da desratização
1) Ratazanas
O nome científico dessa espécie é Rattus norvegicus e é originária da Ásia. É a mais comum das espécies de ratos. Quem nunca viu uma ratazana fuçando um lixo na rua? A ratazana é bem corpulenta, já que seu peso médio pode ser superior a 300 gramas e pode ter até 25 cm de comprimento.

Estes animais criam ninhos em galerias subterrâneas. O ciclo de reprodução deles é rápido: Em até 12 semanas podem se reproduzir, gerando até 8 filhotes. O período de gestação é de até 3 semanas.

2) Rato de Telhado
O nome científico do Rato de Telhado é Rattus rattus e ele tem hábitos intradomiciliares e é um otimo escalador. As construções modernas urbanas têm contribuído para sua proliferação, pois há espaços internos que podem abrigá-los, como forros falsos e galerias técnicas. É menor do que a ratazana, possuindo até 18 cm de comprimento.

O ciclo de vida é de 1 ano e meio. A partir de 3 meses já podem gerar filhotes em até 22 dias. Podem ter até 12 filhotes de uma vez, de acordo com a disponibilidade de alimento e abrigo.

3) Camundongo
O nome científico desta espécie é Mus musculus. Possui hábitos intradomiciliares como o Rato de Telhado. Ele entra nos ambientes através do transporte passivo em caixas ou embalagens. É pequeno e pesa em torno de 20 gramas. Muitas vezes é confundido com filhote de ratazana, pois tem cerca de 8 centímetros de comprimento.

Podem procriar a partir de 6 a 9 semanas de idade. A gestação ocorre em média 21 dias. Criam até 12 indivíduos em cada ninhada.

Desratização é questão de saúde pública
A diminuição da população de ratos é mais do que uma questão de higiene ou segurança alimentar. Ela é necessária para melhorar a saúde pública, já que os ratos são vetores de doenças como Leptospirose, Peste, Hantavirus, Sarnas e Alergias.

A equipe técnica da Termitek Uniprag possui metodologia eficiente para executar o serviço de desratização:

• Realiza estudo das condições ambientais do local a ser tratado;
• Ataca as causas da incidência da praga;
• Utiliza as mais atrativas e inovadoras iscas nesse tipo de tratamento.

Com base na visita técnica, os profissionais da Termitek Uniprag escolhem a estratégia mais adequada para assegurar a sua segurança e a do seu patrimônio.

Solicite um orçamento para o serviço de desratização em São Paulo. Não deixe os ratos instalarem ninhos na sua casa ou empresa. Obtenha segurança contra as pragas urbanas que insistem em trazer transtornos para você, seus familiares ou colaboradores.

Deixe um comentário

A UNIPRAG está presente em todo Brasil

Conversar
Precisa de ajuda?