São Paulo: 11 3876-8500

MOSCAS

Gostou? compartilhe!

imagem

As moscas são insetos alados perigosos para a saúde

Quem gosta de conviver com insetos voadores incômodos como as moscas? Elas passeiam não apenas em áreas residenciais e comerciais, mas também em locais sujos como lixeiras, bueiros, matéria orgânica em decomposição e em qualquer detrito. Com isso, carregam em seus corpos agentes patógenos que provocam doenças gastrointestinais.

As moscas possuem hábitos diurnos. Os locais em que os insetos pousam podem apresentar manchas escuras e claras, pois eles depositam excrementos e saliva sobre o alimento. As moscas são atraídas por locais quentes e alimentos expostos.

Elas têm uma cabeça móvel, com um par de grandes olhos compostos e bucais projetados para perfuração e sucção de alimentos. Usam apenas um único par de asas para voar.

 

São insetos de considerável importância ecológica e humana pois são polinizadores naturais.

Aves, morcegos, sapos, lagartos, libélulas e aranhas estão entre os predadores das moscas. A mosca doméstica é a espécie mais comum encontrada em ambientes intradomiciliares. Ela convive facilmente com pessoas e a tendência é coabitar locais comuns, possuindo uma vida sinantrópica. As moscas não são insetos sociais.

Biologia da Mosca


AS ESPÉCIES DE MOSCAS
MAIS COMUNS NO BRASIL SÃO:


imagem

Mosca doméstica

A mosca doméstica é um inseto que se adapta facilmente aos centros urbanos. É um inseto incômodo, que rodeia locais com alimentos expostos e detritos para depositar seus ovos e se nutrir. Para se alimentar, tem por hábito vomitar sobre o alimento para liquefazer o mesmo e facilitar a sua ingestão. Além de no momento do pouso, pode deixar nas superfícies alimentícias diversos microrganismos como parasitas, bactérias e vírus, por exemplo.

As moscas possuem aproximadamente 30 dias de vida. Favorecidos por ventos, podem voar até kilometros de distância. Os insetos devem ser controlados porque transmitem doenças ao ser humano. Os microrganismos podem ser encontrados em seu corpo ou saliva.

Tamanho: De 5 a 8 mm de comprimento

Cor: cinzenta

Reino: Animalia

Ordem: Diptera

Classe: Insecta

Espécie: M. domestica

Família: Muscidae

Filo: Arthropoda

DIETA: Excrementos, resíduos e matéria orgânica em decomposição.

HABITAT: São atraídas por ambientes úmidos e quentes.

IMPACTO: Algumas doenças que as moscas transmitem são: disenteria, diarreia, conjuntivite, cólera e febre tifóide.

PREVENÇÃO: Remoção de fontes de alimento, água parada e frutas moles. Se houver comida exposta, colocar um ventilador, que evita que a mosca pouse nos alimentos. É importante também embalar e jogar o lixo fora diariamente.

imagem

Mosca varejeira

A mosca varejeira é perigosa pois utiliza mamíferos para depositar seus ovos. Ou seja, se uma ferida estiver aberta, deve ser cuidada com atenção, pois essa espécie de mosca pode fazer dela seu criadouro, formando as miíases.

Tamanho: Cerca de 1,5 cm

Cor: esverdeada

Reino: Animalia

Ordem: Diptera

Classe: Insecta

Espécie: Cochliomyia macellaria

Família: Calliphoridae

Filo: Arthropoda

DIETA: Excrementos, resíduos e matéria orgânica em decomposição.

HABITAT: São encontradas em lixeiras e lixões, locais de abate de animais, feiras de ruas e locais com sujeiras.

IMPACTO: Pode provocar uma doença infecciosa em seres humanos e outros animais de sangue quente chamada de berne. A mosca, deposita ovos em uma ferida, que se desenvolvem de forma parasitária gerando problemas no local.

PREVENÇÃO: São os mesmos da mosca doméstica como remoção de fontes de alimento, água parada e frutas moles. Se houver comida exposta, colocar um ventilador, que evita que a mosca pouse nos alimentos. É importante também embalar e jogar fora todos os dias o lixo.

 
Clique na imagem para ampliar.
imagem

Ciclo de vida das moscas

O ciclo de desenvolvimento das moscas passa por 4 fases: ovo, larva, pupa e adulto. O inseto deposita cerca de 2.000 ovos durante a sua vida, que dura cerca de 30 dias. Após a ovulação, os ovos são depositados. Eles possuem cor branca e cerca de 1,2 mm de comprimento. Após 1 dia, as larvas saem dos ovos.

Os ovos são depositados sempre próximos dos nutrientes, como material orgânica em decomposição, por exemplo, para alimentar as larvas. Depois os insetos passam pela fase de pupa e em poucos dias estão prontos para se tornarem adultos, vivendo cerca de 2 semanas.

 
Como evitar as moscas?

– Não deixar alimentos expostos;

– Recolher insetos mortos no ambiente;

– Vedar bem o lixo e descartá-lo diariamente;

– Cuidar da higienização do local;

– Instalar telas nas janelas;

– Eliminar umidade;

– Evitar de encharcar a terra das plantas;

– Algumas plantas são repelentes naturais de moscas, como manjericão e lavanda.

Os problemas causados pelas moscas

Um estudo realizado na Universidade Estadual da Pensilvânia descobriu que as moscas podem carregar aproximadamente 300 bactérias. Esses microrganismos podem ser responsáveis por uma série de intoxicações alimentares, infecções no estômago e até pneumonia.

Segundo o estudo, cada movimentação da mosca pode espalhar esses microrganismos. Eles se concentram nas patas e asas dos insetos.

As moscas são negligenciadas por pessoas e também òrgãos de saúde. É importante inutilizar comidas em que os insetos pousaram para que não haja danos na saúde.

imagem