São Paulo: 11 3876-8500

CARAMUJOS

Gostou? compartilhe!

imagem

Informações sobre os danos que os caramujos causam no seu ambiente

O caramujo africano, é conhecido como o principal caramujo considerado praga urbana, é perigoso porque transmite uma série de doenças. Como seu andar é lento e ele se localiza em jardins, é o alvo da brincadeira de crianças. Porém, manipulá-los não é uma boa ideia pois o contato direto já pode causar contágio.

Os caramujos gostam de locais úmidos e com sombra. Por isso, podem ser encontrados em locais com concentração de pedras, galhos, entulhos, folhas, madeiras e outros materiais similares.

 

O caramujo pode causar doenças como esquistossomose, meningite, eosinofílica e a estrongiloidíase.

Ele se reproduz rapidamente porque não possui predadores naturais nos centros urbanos. Se alimenta de plantas e pode se nutrir até de tintas de casa.

Os caramujos causam danos também em plantações e jardins, já que se alimentam de vegetais. É importante utilizar equipamentos de segurança individuais para manipulação dos caramujos, pois as secreções são os principais pontos de contaminação do animal.

Quando você perceber uma grande quantidade de animais, provavelmente é uma infestação. Chame uma empresa especializada para ajudá-lo, pois além de controlar os caramujos, ela deve descartá-los adequadamente, pois mesmo mortos eles podem contaminar o seu ambiente.

Biologia dos Caramujos


A ESPÉCIE DE CARAMUJO
MAIS COMUM NO BRASIL É:


imagem

Caramujo gigante africano

Originário da África, o caramujo gigante africano é um molusco que chegou ao Brasil em 88, com o objetivo de cultivo e comercialização do sofisticado escargot, sendo uma alternativa mais barata a essa iguaria. Porém, após o fracasso na comercialização, os criadores abandonaram as criações, ocorrendo dispersão, expandindo para as matas e centros urbanos.

É considerada praga agrícola, possui hábitos noturnos e pode sair durante e depois de chuvas. O animal pode contribuir para transmissão da febre amarela e dengue. As conchas dos animais mortos podem acumular água e se transformar em criadouro do Aedes aegypti.

 

DIETA: Vegetais.

HABITAT: Pode ser encontrado em jardins, matas, terrenos baldios, locais com concentração de folhas, madeiras, entulhos, pedras e locais similares.

IMPACTO: Transmitem doenças como meningite, pois é hospedeiro natural da doença, o verme Angiostrongylus cantonensis. Humanos podem se infectar através de verduras em que o caramujo deixa o seu muco.

PREVENÇÃO: Evitar entulhos nos jardins, manter terrenos limpos e sem abrigo para os caramujos.

Tamanho: Até 18 cm de comprimento

Cor: concha escura com manchas clara

Reino: Animalia

Ordem: Pulmonata

Classe: Gastropoda

Espécie: Achatina fulica

Família: Achatinidae

Filo: Mollusca

Clique na imagem para ampliar.
imagem <

Ciclo de vidas dos caramujos

Os caramujos são moluscos hermafroditas, mas a sua reprodução é cruzada, ou seja, mesmo tendo os dois sexos, eles precisam de outro para acasalar.

Se tornam adultos em até 5 meses, depositando ovos 4 vezes em toda sua vida com até 600 ovos.

Como evitar caramujos e seus problemas
  • Como evitar caramujos e seus problemas;
  • Descartar objetos acumulados em áreas externas;
  • Manter a vegetação baixa, limpando jardins e matas;
  • Eliminar o lixo de maneira adequada;
  • Não utilizar a concha como objeto de decoração ou artesanato, pois ela pode estar contaminada;
  • Evitar contato direto com o caramujo.
 

imagem

Whatsapp Termitek - Uniprag Whatsapp Termitek - Uniprag Whatsapp Termitek - Uniprag Whatsapp Termitek - Uniprag Whatsapp Termitek - Uniprag Whatsapp Termitek - Uniprag Whatsapp Termitek - Uniprag Whatsapp Termitek - Uniprag